segunda-feira, 18 de julho de 2011

GONÇALO SALGUEIRO




AMOR DUMA HORA SÓ

Descalço corro as ruas noite fora
Caminhando, caminhando sem parar
Onde estas ó meu amor d´uma só hora 
Onde estás meu amor , para te abraçar

Esta dor que corre em mim cada segundo
Só pede á terra ao céu o teu abraço
Nada sou, nada mais tenho neste mundo
Meu amor, sem teu amor, sem teu regaço 

Grito ao vento pelo teu nome em solidão
Chora a noite nosso amor eternamente
Brotam lágrimas das pedras plo chão
Onde estás meu grande amor , amor ausente 

Não te alcanço, não me encontro, desespero
Vou voltar á liberdade indesejada
Preso ao mundo onde apenas por ti espero 
Sem amor, sem teu nome , sem ter nada 

Letra de Gonçalo Salgueiro / Musica de Alfredo Marceneiro
 




GONÇALO SALGUEIRO nasceu em Montemor-O-Novo (Alto Alentejo) a 7 de Novembro. 
Aos 17 anosveio para Lisboa para cursar Relações Internacionais, na Universidade Técnica de Lisboa. Deu, também,entrada no Conservatório Nacional de Lisboa, na área de Canto, mas continuaria a ser aluno particular daProfª. Cristina de Castro.Ainda em Montemor-O-Novo, e fazendo parte do "Coral de S.Domingos",participa nas Obras "Da Pacem Domine" e "Mare Fatum Est". 

Canta pela primeira vez Fado, em público, a convite de Maria da Fé, no Restaurante "Senhor Vinho".Em Junho de 1999 actua a convite da Faculdade de Motoricidade Humana, no Jantar de Encerramento do "XIV International Association for the Child’s Right to Play", no Museu de Marinha, Lisboa.Em Setembro de 99, canta pela primeira vez na sua terra natal actuando na "Noite de Fados" da Expomor/Feira da Luz.Desde Abril de 2000 a Julho 2001, e a convite do encenador Filipe LaFéria, entra para o Musical"Amália", como cantor/actor, no papel de Eduardo Ricciardi e interpretando "Aïe, mourrir pour toi", em dueto com Alexandra, o que lhe valeu o reconhecimento da critica e do público. 
Sob a direcção do MaestroFernando Correia Martins, e numa edição da SPA/Strauss, participa ao lado de Lia Altavilla, FernandoSerafim, Olivia e Marina Mota no CD comemorativo dos 150 anos sobre o nascimento do compositorThomaz Del-Negro.
 A convite de João Braga, canta na noite de homenagem a Amália Rodrigues, frente àIgreja de S. Vicente de Fora, espectáculo transmitido, em directo, pela TVI; canta no Coliseu dos Recreiosde Lisboa e em Santa Maria de Feira. A convite de Maria Ana Bobone apresenta-se na RTP Internacionalno programa "Fados de Portugal".
Os convites sucedem-se e o caminho estava aberto. Em Março de 2002 assina contrato com a editoraStrauss e grava o seu primeiro álbum a solo "…No Tempo das Cerejas", uma assumida homenagem aAmália Rodrigues.
 Ainda em 2002 (Maio), é convidado pelo musico/compositor José da Ponte a gravar"Lusitana Paixão" da telenovela com o mesmo nome para a RTP-Radiotelevisão Portuguesa. 

Em Setembro,e a convite de Júlio César, estreia-se no Salão “Preto e Prata” do Casino Estoril no grande espectáculo musical"Egoísta" onde permanece até Fevereiro de 2004.
 Em 2003 dá inicio aos preparativos dum novo álbum.
Durante 2005 efectua Concertos a solo e integra vários espectáculos por todo o país e estrangeiro.Em 2006 é editado o cd “Segue a minha voz”, com a presença dos poetas Camões , Florbela Espanca,David Mourão-Ferreira , Natália Correia e ainda Ary , Amália e Pedro Sena Lino, passando por JorgeFernando, que também é produtor e responsável musical, até ao celebrado Pablo Neruda.
2007 – Gonçalo Salgueiro é convidado pelo encenador Filipe La Féria a protagonizar, no musical de Tim Rice e Andrew Lloyd Webber -  “Jesus Cristo Superstar” -  o papel de Jesus Cristo.
 Estreado a 16 de Junho, no Teatro Rivoli (Porto) a critica e o publico são unânimes : Gonçalo Salgueiro é “o” Jesus que emociona pela magnífica interpretação e soberba voz.
Em Dezembro de 2009 o terceiro CD, GONÇALO SALGUEIRO é lançado, com vários poemas do próprio Gonçalo. 

fonte: gonçalosalgueiro.com

Um comentário:

  1. Esta ciratura abençoada só podia ter nascido no Alentejo !

    ResponderExcluir